Cumulus

Residencial

Corporativo

Produtos

Tanque de Pressão

Você sabia que o desnível entre a caixa d’água e o chuveiro é cerca de dez vezes menor que o ideal para uma ducha confortante? Por isso, a queixa de falta de pressão de água no banho é muito freqüente.

Nestes casos, o tanque de pressão Cumulus garante uma solução eficaz, proporcionando uma ducha com muita água.

Disponível em diversas capacidades, o tanque de pressão Cumulus é o único construído com o tambor interno de cobre e componentes de alta qualidade.

Por que utilizar um tanque de pressão?

Instalado entre a moto-bomba e a rede de distribuição, o tanque acumula água sob pressão, atendendo à demanda sem necessidade de acionar a bomba a todo instante, mesmo para um consumo mínimo de água.

Uma moto-bomba ligada diretamente à rede de distribuição trabalha com excessiva intermitência de partidas, uma vez que durante o dia os momentos de consumo são muito variáveis.

Além de conforto e economia, prolonga a vida útil da moto-bomba.

Como funciona um tanque de pressão?

O conjunto moto-bomba aspira água sem pressão de um reservatório e injeta na rede geral de instalação, na pressão desejada, através do tanque de pressão.

Ao se abrir a torneira ou chuveiro, mas não se consumindo toda a água da rede, o restante irá se acumulando no tanque e ganhando pressão. Quando a água atingir um limite superior previamente regulado, cessará automaticamente o funcionamento da moto-bomba.

A partir daí, consumindo-se água em qualquer ponto da instalação, a reserva de água acumulada no tanque irá perdendo pressão lentamente até atingir a pressão mínima quando só então a bomba funcionará outra vez, dando inicio a novo ciclo.

É aconselhável que o volume de água útil no tanque de pressão seja o maior possível porque esta capacidade minimizará o número de manobras “liga-desliga“ do equipamento, aumentando a vida útil dos elementos de automatização e segurança.

É também por esta razão que, não sendo possível comprimir a água, necessita-se de um dispositivo eficaz que proporcione um adequado carregamento de ar na parte superior do tanque, permitindo a utilização de um volume maior de água sem acionar a moto-bomba.

Este dispositivo é o injetor de ar, que se encarrega de introduzir o ar necessário no interior do tanque a cada partida da moto-bomba.

Local da instalação do tanque de pressão

Características ideais do local para instalação:

Conjunto Moto- Bomba
São conjuntos monoblocos com vedação mecânica, lubrificadas pela própria água.
Antes da primeira operação ou quando ficarem muito tempo paradas, deve-se verificar se o eixo está livre, podendo ser girado com a mão.

Atenção
Nunca ligue a bomba sem água para não danificar o selo mecânico.

Injetor de Ar
Sua função é manter a quantidade necessária de ar no interior do tanque.

Acabamento Inicial do Sistema
Revise toda instalação antes de dar partida no equipamento.

Antes de acionar as chaves elétricas tome as seguintes providências:

Pressostato
É o automático do tanque de pressão. Já vem regulado de fábrica para operar na faixa de 20/40 PSI (14/28 mca )

Manômetro
Com escala de 0 à 60 PSI, é o instrumento que indica as pressões liga-desliga.

Visor de Nível
Indica a quantidade de ar e água contida no tanque. Caso não haja mais ar no tanque, deve-se renovar a almofada de ar, obedecendo as seguintes instruções:

Quadro Elétrico
Composto de chave seccionadora, com base de fusíveis, chave magnética com elemento térmico, bornes de ligação para entrada de força e saída para motores.

Pode ser utilizado para corrente monofásica, utilizando os bornes laterais e deixando o central em aberto. Para sua instalação, siga as instruções do quadro elétrico.